IRPF - Reta Final

(por Pedro Neto)

Todos os anos é a mesma coisa: o prazo para entrega do IRPF se aproximando e muitos contribuintes ainda nem separaram seus documentos.

Ou pior: pensam “ah, eu nem preciso declarar...”, mas muitas vezes estão enganados.

Como eu já mencionei aqui no blog, diversos fatores relacionados aos rendimentos salariais, outros rendimentos e patrimônio pessoal determinarão esta obrigatoriedade (http://www.expertpericias.com.br/blog/voce-sabe-se-precisara-declarar-imposto-de-renda-esse-ano.html).

Também comentei que existe um risco real em omitir a declaração de Imposto de Renda Pessoa física pois, o leão da Receita Federal está de olho em você (http://www.expertpericias.com.br/blog/fique-esperto-a-receita-federal-sabe-quem-omite-declarar-o-imposto-de-renda-pessoa-fisica.html).

Estão aqui reunidas então as respostas para as principais dúvidas que tenho recebido de meus clientes e de pessoas que me consultam. Confira!

DEPENDENTES – DECLARAÇÃO EM CONJUNTO:

Muitos contribuintes não sabem, mas ao incluir seus filhos e cônjuges como dependentes, devem também considerar eventuais proventos por eles recebidos.

Dependendo do valor destes rendimentos, os quais serão somados àqueles recebidos pelo contribuinte titular, a carga tributária pode ser aumentada em valor superior até às deduções obtidas com o dependente.

Isto posto, se faz importante a avaliação caso a caso ou seja, se é mais benéfico declarar em conjunto ou separadamente.

CARNÊ-LEÃO

Um dos pontos que normalmente não são observados pelos contribuintes é a obrigatoriedade de recolhimento do “carnê-leão”, principalmente aqueles recebidos de outras pessoas físicas a título de trabalho sem vínculo empregatício, locação de bens móveis e imóveis e pensões alimentícias.

Sempre que o somatório de tais proventos for superior ao montante R$ 1.903,98 em um mês será necessária a apuração do Imposto de Renda a pagar, o que pode ser feito através do “Programa de Apuração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física com Recolhimento Mensal Obrigatório” – Carnê Leão, disponível no site da Receita Federal do Brasil (http://receita.economia.gov.br/orientacao/tributaria/pagamentos-e-parcelamentos/pagamento-do-imposto-de-renda-de-pessoa-fisica/carne-leao/carne-leao )

Importante destacar que o não recolhimento do carnê leão sujeita o contribuinte a multas e juros sobre o valor devido. Tais multas podem chegar a 50% do valor do imposto devido!

Portanto, sempre oriento meus clientes a efetuarem o recolhimento dos carnês leão em bases mensais!

Entretanto, para os casos em que tais pagamentos não foram efetuados, é primordial efetuar tais recolhimentos antes de finalizarem suas declarações de ajuste anual do IRPF visto que, embora pagos em atraso, neste caso a multa pelo atraso será de no máximo 20%.

EM PAZ COM O LEÃO

Enfim, são muitos tópicos a serem observados pelos contribuintes, para que possam cumprir com suas obrigações fiscais e dormir em paz, com a certeza de que não serão importunados pelo “Leão”.

É justamente para proporcionar esta tranquilidade aos clientes que o serviço da Expert é diferenciado, os acompanhando durante todo o ano em suas necessidades, tais como na elaboração do carnê leão, apuração de ganho de capital na alienação de imóveis, entre outros.

Entre em contato e nos conte quais as suas dúvidas. Será um grande prazer ajudá-lo!

ENTRE EM CONTATO

Entre em Contato

Telefone: (41) 3503-9499

WhatsApp: (41) 99674-9499

Email: pedroneto@expertpericias.com.br

Rua Maximo Asinelli, 680
Sobrado 1
Uberaba - Curitiba/PR

Categorias